07/08/2019

Todos os caminhos do Chile levam a São Paulo

Uma parceria entre a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo (SETUR), a APRECESP (Associação das Prefeituras das Cidades Estância de São Paulo) e a aérea chilena Sky Airline pretende abrir no espaço de 60 dias um escritório - A Casa de São Paulo - em Santiago do Chile, para promoção e divulgação de cidades e regiões turísticas paulistas.
 
Em reunião realizada na quarta-feira (7), na sede da secretaria na Capital paulista com representantes de cidades estâncias e municípios de interesse turístico bem como operadores do trade, a proposta inicial trazida por executivos da empresa de aviação foi discutida em pormenores entre os presentes.
 
Representando a SETUR, o novo coordenador de Turismo, Rodrigo Ramos, abriu os trabalhos e informou que “o Chile é, atualmente, o quarto maior emissor de turistas para São Paulo”. Marcia Azeredo, gerente de Relações Internacionais da APRECESP, participou da reunião na qualidade de facilitadora e parceira de execução no projeto. Já pela Sky Airline, o diretor comercial Marcelo Rodriguez mostrou números: o Chile tem população de 18 milhões de habitantes e um PIB per capita de fazer inveja aos vizinhos sulamericanos, o que favorece o envio de turistas com alto poder aquisitivo. Com dados da economia chilena, Rodriguez informou que existem 15 voos diários entre Santiago e a capital paulista e que a motivação de criar e estabelecer o escritório em Santiago é promover “um São Paulo turístico, e não corporativo”.
 
Na prática, A Casa de São Paulo funcionará como um posto avançado do turismo paulista encravado no coração financeiro e gastronômico de Santiago. Municípios turísticos paulistas interessados poderão ativar seus operadores locais e prefeituras, para criar um rateio de custeio em escala mensal para a manutenção de seus interesses de envio de visitantes de todo o Chile. É divulgar o estado de São Paulo com a verba repassada pela APRECESP aos empresários chilenos que no Brasil, por sua vez, representam a aérea Sky. “Seria muito bom que outras aéreas entrassem junto nesse esforço de promoção, como a Gol, a Latam e a Aerolineas Argentinas”, relembra Rodriguez.
 
A ideia geral apresentada ao trade presente à reunião é de que a Casa de São Paulo represente um esforço em conjunto do Governo do Estado, da APRECESP e da aérea para mostrar ao turista chileno muito mais do que a capital paulista. Enfatizar a serra, o mar e o interior paulista ao criar identidade, principalmente a partir da nova marca e campanhas com o slogan “São Paulo pra Todos”, para apresentar a culinária, a música, o folclore e toda a cultura do estado. Como lembra Rodrigo, “quanto mais municípios aderirem ao projeto, todos seremos beneficiados. Assim, vamos criar ações no sentido de atrair mais chilenos a São Paulo, e agora temos esse projeto de promover o estado”.
 
Para executar a ideia no Chile, os empresários pretendem incentivar o aumento de gastos do turista chileno a São Paulo com o apoio da mídia do trade, planos de marketing e divulgação para proporcionar viagens para muito além da capital paulista, integrando cidades e regiões turísticas por “stopover” (permanência em destinos do entorno do visitante por mais alguns dias sem acréscimo do preço da passagem aérea), segmentando o trabalho de operadoras e agências, como  também gerar capacitação constante para profissionais de turismo.